segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Pequenas vitórias


Desde comecei a morar sozinha passei a apreciar muito mais as pequenas vitórias do dia a dia e por morar em uma nova cidade essas ficam ainda mais frequentes (e talvez um pouco mais estúpidas pra quem as vê de fora). Aqui está meu ranking das 4 conquistas que ganharam pulinhos e berrinhos de celebração (não me julguem!).

4- Quando aprendi a ir ao mercado sozinha
Pode parecer idiota e mundano, mas a primeira vez que fui ao mercado sem ajuda do Waze eu dei alguns gritinhos de felicidade dentro do carro. Ta bom que eu basicamente só preciso dar a volta na quadra e depois seguir reto por 2 quilômetros, mas gente,  juro que no começo eu achava difícil me localizar.

3- Meu primeiro bolo
A história do meu primeiro bolo, sem qualquer supervisão de um entendido no assunto,  envolve alguns dramas e dificuldades (que foram facilmente resolvidos após dois vídeos e 47 áudios para minhas amigas), também teve corte no dedo, fumaça casa adentro e uma daquelas coberturas que embora esteja deliciosa não ajuda em nada na aparência, sabe como? Mas o que importa é que meu primeiro bolo durou menos de 1 hora na cozinha do trabalho e considero isso um grande sucesso.

2- A primeira vez que andei nua
Quando você mora com seus pais e irmão, andar nua pela casa não é exatamente uma opção, e a verdade é que nunca havia nem pensado nessa prática. Mas quando você mora sozinha as pessoas de repente revelam que todo o tempo que você andava de roupão, eles estavam nus em pelo em suas respectivas casas. Após um longo estudo sobre o campo de visão do prédio à frente fui ver por mim mesma qual era a graça, e embora não tenha me tornado adepta ao nudismo domiciliar, sempre que preciso ir à sala depois do banho sem ter que me enrolar na toalha eu esboço um sorriso de canto de boca.

1-A primeira vez que recebi meus amigos

Para mim foi o acontecimento do ano, cheio de planos, cardápios, preparativos e muita ansiedade, e é claro que o resultado não podia ser diferente: o final de semana mais incrível da história. A primeira vez que meus amigos ficaram hospedados na minha casa, foi o dia que ela se tornou um lar.  E é claro que nem tudo saiu conforme o planejado, mas o mais importante foi alcançado: eles se sentiram em casa, quer vitória maior que essa? 



De todas as experiência acima citadas, acho que o bolo foi a melhor opção para ilustrar 

2 comentários:

Marina Leonardi Fiamoncini disse...

ANDAR PELADA HAHAHAHA Tem toda razão!!! E eu já sei exatamente os horários e janelas em que posso passar sem correr o risco de estar no WhatsApp da galera no dia seguinte \o/ Nem me fala em fazer bolo, que até hoje só consegui o de saquinho. Outra coisa, agora que você mora sozinha, não é estranho ir para a casa dos pais? Não sinto mais que aquela é minha casa, sabe como? Beijos da fã número 00000001.

Jessi M Feller disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHA! Até os de saquinho dão trabalho! E sim, é bem estranho voltar pra casa da mãe, to me adaptando com isso ainda (não passa então?) BEIJOS minha incentivadora hehehe LUV U b-day girl!